istambul [best of]

Nada nos prepara para o olhar sobre a fronteira entre o Ocidente e o Oriente e para a chegada à cidade que já foi o centro do Mundo. Bizâncio, Constantinopla, Istambul. Qualquer que seja o teu nome, és uma cidade grandiosa. Aqui ficam as surpresas que a cidade me reservou, o que mais adorei, os…

faial [no inverno]

No Inverno, chegamos aos Açores preparados para tudo. Preparados para uma certa e ainda maior imprevisibilidade do tempo. Preparados para a falibilidade dos transportes. Preparados para ver que tudo nos parece, vá, a “meio gás”, pois no Inverno tudo é feito com muita calma, sem a agitação dos meses de Verão. Mas na verdade, no…

gredos [pisquei o olho ao almanzor]

Na encosta Norte da Serra de Gredos, na província espanhola de Ávila, fica o Circo de Gredos, um anfiteatro glacial de altas montanhas. Uma das caminhadas mais emblemáticas desta zona é a que nos leva à Laguna Grande, a lagoa que fica no coração do circo de gredos. Aqui situa-se o refúgio Elola, onde costumam…

trilho dos apalaches [em Portugal]

Portugal é um país maravilhoso e uma das coisas que cada vez gosto mais de fazer, principalmente depois do Verão, é livrar-me da litoralização estival, virar-me para o interior e procurar locais com menos densidade populacional. O Outono com as suas temperaturas mais amenas é uma altura óptima para fazer caminhadas e se perde para…

dublin [best of]

Gosto de gastar os últimos cartuchos das férias nos feriados de Dezembro e aproveitar para uma escapadela europeia. Assim, após um intenso alinhamento de planetas, dou por mim a aterrar na capital mais pequena da Europa, Dublin, que por acaso até nem estava no topo da lista de prioridades. Simplesmente porque sempre achei que visitaria…

uzès [e pont du gard]

Descobri Uzès na internet, enquanto planeava esta viagem, e foi amor à primeira vista, tinha mesmo que passar por aqui. A sua localização na região de Gard, sensivelmente a meio caminho entre a Côte d’Azur e Lyon, onde apanharíamos o avião de regresso a Portugal no dia seguinte, fez desta vila a pit stop perfeita. Estamos…

[de passagem] na côte d’azur

Depois de passarmos a fronteira italiana em Ventimiglia, entramos na Riviera mais famosa do mundo desde há 200 anos, a Riviera Francesa, que se estende até Saint Tropez e inclui locais míticos como Cannes, Antibes, Nice e o principado do Mónaco. Percorremos parte da Cote d’Azur em modo cruzeiro, com o vento no cabelo e…