boudha

A stupa gigante de Boudha, pareceu o sítio ideal para terminar esta viagem que nos levou até ao coração do Tibete e dos Himalaias. Para além de ser um dos meus sítios preferidos do Vale de Kathmandu, é um dos locais mais sagrados para o budismo no Nepal onde existe a maior comunidade de refugiados…

pashupati

O templo de Pashupati, nas margens do Rio Bagmati, é o templo hindu mais importante e mais antigo de Kathmandu.   É dedicado a Shiva, o deus hindu da morte e da transformação. Tudo à nossa volta nos lembra que entrámos nos seus domínios: as serpentes, o touro Nandi seu veículo, os sahdus seus seguidores,…

swayambhu

A subida dos 365 degraus da escadaria da colina de Swayambhu justifica-se inteiramente assim que pomos os olhos nos olhos dourados e penetrantes de Buda, pintados nas quatro faces do topo da stupa. Ainda que este seja considerado um local budista também é adorado por hindus. Swayambhu não é um templo mas sim um complexo…

durbar square market

O mercado que acontece todos os dias na Durbar Square, em redor do Kasthamandap (o edifício mais antigo de Kathmandu), é um dos meus sítios preferidos da cidade. O que mais adoro aqui é que, para além de todos aqueles ingredientes normais que me fascinam nos mercados, tal como a cor, o movimento, o ver…

kathmandu i missed u

Os pormenores próprios da arquitectura Newari que encontramos em Kathmandu são assim qualquer coisa de espectacular. Cheguei entusiasmada para ver, fotografar e tocar todos aqueles detalhes das janelas, esquinas e parapeitos que encontramos em todas as ruelas e quintais, sejam lugares secundários ou principais.   Cheguei entusiasmada para ver a explosão de cor nas paredes…

namaste nepal

A simpatia dos nepaleses desarma-nos assim que chegamos, mas a verdade é que as coisas no Nepal não funcionam bem como na China. Para começar, temos logo um furo a 10km de Kodari (nepali border). Mas isso só é motivo de preocupação para os chineses que viajam connosco. No Nepal é “take it easy, havemos…

border freak freaking out

Ainda não atravessei fronteiras suficientes para deixar de me entusiasmar com uma fronteira. Dá-me adrenalina aquela sensação de mostrar o passaporte, o ar sisudo dos oficiais das fronteiras, e gosto daqueles momentos em que atravesso a terra de ninguém, a pé de mochila às costas, enquanto vou pensando no país que ficou para trás e…

himalayas on the friendship highway

Depois do sunrise no campo base do Everest voltamos a Tingri de onde partimos em direcção ao Nepal. Ao longo da Friendship Highway podemos ir aproveitando vistas para vários picos dos Himalaias: Everest, Cho Yu, Shishapangma, para mencionar apenas os pesos pesados acima dos 8000m. Mas depois do Tong La Pass (5130m) é sempre a…

everest base camp

Alguns quilómetros após o mosteiro de Rongphu (na foto em cima) encontramos tendas de lã de yak onde os viajantes que não possuem permits de alpinismo podem pernoitar. Estas tendas funcionam como verdadeiros hotéis, oferecendo vários serviços todas pelo mesmo preço: dormida, refeições e snacks, bebidas, souvenirs. Assim que o Sol se põe o frio…

detour to ebc

Existem duas maneiras de se ter uma “everest base camp experience”. À moda tibetana é mais fácil, uma vez que hoje é possível chegar de carro praticamente até ao base camp tibetano, do lado Norte da montanha. Fácil quando comparada à moda nepalesa, que se faz através do popularíssimo trekking de 7-10 dias pelo vale de Khumbu, até ao base…

shigatse to shegar

  Deixamos Shigatse de manhã e continuamos em direcção a Oeste passando por algumas vilas onde vemos agricultores a trabalhar nos campos e a cuidar de rebanhos de animais.  Neste percurso, um dos principais pontos de interesse é o mosteiro de Sakya, num pequeno desvio de 25 km da estrada da amizade. A arquitectura na…

shigatse

Os 90km de caminho de Gyantse para Shigatse fazem-se ao longo de um tranquilo vale onde passamos por várias aldeias de agricultores. Shigatse (3850m) é a segunda maior cidade do Tibete onde encontramos o recém reconstruído Shigatse Dzong sobranceiro à cidade e fazendo lembrar o Potala de Lhasa numa versão mais reduzida.   No entanto…