[ventos de] extremadura

A Extremadura com as suas intermináveis planícies de ambiente quase hostil foi berço de conquistadores que descobriram o novo mundo ao serviço da coroa de Espanha e depois voltaram com despojos do el dorado para engrandecer a terra natal. 

Aqui ficam alguns highlights desta província espanhola: 

Cáceres

Cáceres esteve nas rotas político-comerciais da região desde a antiguidade. Vários povos de culturas diferentes entre eles romanos, árabes, judeus e cristãos reuniram-se em Cáceres e moldaram-na à sua imagem de um modo muito visível na arquitectura.

No coração de Cáceres encontramos a pitoresca Plaza Mayor junto às muralhas que circundam a cidade antiga. Estas incríveis muralhas são de origem mourisca e ainda se encontram algumas das torres de adobe originais que foram sendo reforçadas ao longo dos séculos. No interior das muralhas, ruelas estreitas de chão empedrado entrelaçam-se e levam-nos a praças escondidas, a maravilhosas casas senhoriais e a solares ornamentados, construídos com o enriquecimento que resultou das viagens ao Novo Mundo. 

IMG_2109

IMG_2065

IMG_2107

Trujillo 

Trujillo é uma das vilas mais atractivas da Extremadura que também se desenvolveu principalmente na época dos Conquistadores do tempo da descoberta das Américas. Como cidade natal de Francisco Pizarro (conquistador do Peru e fundador de Lima) e de Francisco de Orellana (explorador da Amazónia), beneficiou do ouro proveniente da América Latina e isso é visível nos seus palácios charmosos. Os torreões da catedral e as muralhas do castelo parecem praticamente intocadas desde a altura da sua construção, à excepção de um ou outro ninho de cegonha. 

IMG_2136

IMG_2154

IMG_2163

IMG_2131

2016-04-23 13.47.07

Mérida

A antiga capital da província romana da Lusitania, Augusta Emerita transformou-se numa das dez cidades mais importantes do império Romano e último destino da Via de la Plata, a estrada romana que começava em Astorga, na Galiza.

Hoje, entramos em Mérida atravessando uma ponte romana e damos de caras com uma fortaleza árabe, podemos assistir a espectáculos de teatro ao ar livre num anfiteatro com 2000 anos, e desfrutar da melhor gastronomia nos vários bares de tapas que a cidade oferece, tudo o que faz de Mérida uma cidade património da Humanidade. 

2016-04-25 15.41.27

2016-04-25 15.44.23-2

Olivenza

Olivenza foi fundada pela Ordem dos Templários no séc. XIII e pertencia a Portugal até 1801. Hoje, a vila ainda respira a sua portugalidade com muitas ruas ainda exibindo os seus nomes originais e os monumentos mais antigos exibindo o estilo Manuelino em todo o seu esplendor.

_MG_2462

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s