castelos de portugal

Almouroul 02

Muitos castelos portugueses conseguem combinar a arquitectura militar com a relevância histórica e ainda com uma paisagem admirável capaz de nos maravilhar.

Eu, papa-castelos, me confesso, tenho um fraquinho por ameias, torres de menagem e muralhas que se misturam com a vista. Por isso pegar no carro e sair à caça de castelos é uma das coisas que mais gosto de fazer quando ando pelas nossas zonas fronteiriças, presentes ou passadas.

Porto de Mós

O castelo de Porto de Mós foi erguido sob os escombros de um posto de vigia romano,  posteriormente fortaleza de natureza árabe. Foi manifestamente importante durante o período da conquista cristã. Após sucessivos avanços e recuos, D. Afonso Henriques auxiliado por D. Fuas Roupinho, conquistou a vila, em 1148 e expulsou os mouros. A sua estrutura pentagonal apresenta características únicas no país, mas o meu traço preferido é o acabamento em azulejos verde dos dois torreões que ainda resistem e que lhe dão uma personalidade singular e exclusiva.

1. porto mós 082

Marvão

O Castelo de Marvão era uma fortaleza orientada para a fronteira, que fica a poucos quilómetros, com a praça de armas mais inconquistável de todo o Reino de Portugal. Impressiona-me sempre como a sua muralha vai subindo rocha a cima como se fosse um dragão enroscado no ninho.

2. marvão

Almourol

Situado numa pequena ilha escarpada, a meio do Rio Tejo, o Castelo de Almourol é provavelmente o castelo mais fotogénico de Portugal, mas também é um dos exemplos mais representativos da arquitectura militar da época, lembrando o início do reino de Portugal e a Ordem dos Templários que na altura era responsável pelo povoamento e defesa do país entre o Mondego e o Tejo. Foi vítima do terramoto de 1755 e sofreu várias remodelações que lhe deram um ar mais romântico e lhe reforçaram a aura misteriosamente medieval. 

4. almourol

Beja 

O castelo de Beja situa-se no lugar de um antigo castro romano, tem traços de arquitectura romana medieval e manuelina mas o que chama mais a atenção é a sua torre de menagem, possivelmente associada ao reinado de D. Dinis, que é a mais alta de toda a Península Ibérica.

5 beja

Marialva

O castelo de Marialva é um castelo de linhas primitivas mas encontra-se estrategicamente colocado em posição dominante na região fronteiriça do Rio Côa, no topo de um rochedo granítico. Está recuperado e contrasta lindamente com um céu azul.

5. marialva

Mértola

Adoro a vila mourisca de Mértola e quando ando para os lados do Guadiana faço sempre questão de lá passar. O castelo que hoje podemos admirar é o resultado das obras de restauro e ampliação efectuadas nos século XIII, após a conquista cristã, mas as raízes árabes estão ainda muito presentes, principalmente se o visitarmos durante o festival islâmico.

6. mertola

Bragança

O castelo de Bragança é da responsabilidade de D. Afonso Henriques. Como em muitos outros casos, devido à sua posição geográfica, foi um bastião de portugalidade desde a fundação do país. A Torre de Menagem é uma das mais bonitas do país. 

7 bragança

Évoramonte

O Castelo de Évora Monte aparece-nos no cimo de uma colina na parte mais ocidental da Serra d’Ossa no Alentejo e é um dos tais castelos portugueses que se enquadra na paisagem de forma espectacular. As muralhas foram mandadas construir por D. Dinis, um rei fundamental na criação da identidade nacional e estabelecimento de fronteiras, principalmente no Alentejo e eu adoro as suas formas estranhamente arredondadas. 

8 evoramonte

Penedono

Este pequeno mas encantador castelo, coroado por elegantes torres com ameias, assemelha-se pouco às típicas fortalezas portuguesas. Mais parece uma casa que subitamente virou castelo. Impossível não me sentir uma Rapunzel no topo dos seus torreões.

9 penedono 3

Estremoz

No castelo de Estremoz respira-se tradição e lenda. Foi por aqui que se deu o milagre das rosas, quando a Rainha D. Isabel, que distribuía esmolas aos pobres, enganou o rei D. Dinis, que não a queria nessa função, dizendo “são rosas, senhor”. 

10 estremoz

Montemor-o-Novo

Como muitos castelos portugueses, o castelo de Montemor-o-Novo, assenta provavelmente no lugar de um antigo castro pré-histórico, com posterior ocupação romana e árabe e localiza-se num promontório mais elevado da região. Foi conquistado aos mouros por D. Afonso Henriques pouco depois de 1166 e a sua muralha foi re-construída no reinado de D. Dinis, os habituées aqui dos castelos, mas o meu dado histórico preferido diz que foi aqui que Vasco da Gama finalizou os seus planos para o caminho marítimo para a Índia.

montemor o novo

Santa Maria da Feira

Dizem que o castelo de Santa Maria da Feira é peça única da arquitectura militar portuguesa e eu não digo que não. Não é lindo?

5. sta maria feira

Ainda bem que não tenho que escolher só um!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s