istambul [best of]

Nada nos prepara para o olhar sobre a fronteira entre o Ocidente e o Oriente e para a chegada à cidade que já foi o centro do Mundo. Bizâncio, Constantinopla, Istambul. Qualquer que seja o teu nome, és uma cidade grandiosa.

Aqui ficam as surpresas que a cidade me reservou, o que mais adorei, os imperdíveis, o meu “best of istambul”.

O Grand Bazaar

E por falar em locais de perdição, o Grand Bazaar é um dos maiores mercados cobertos do mundo e distribui-se ao longo de 58 ruas. Existem mapas, provavelmente inúteis, que nos orientam pelos quarteirões, organizados por especialidade: peles, joalharia, cerâmicas, tecidos, especiarias, tapetes. Há cerca de 6000 lojas e segundo consta, não há nada que não se encontre no Grand Bazaar. 

Istambul 225 copy

Blue Mosque

A Blue Mosque é um encanto. O brilho que entra pelos vitrais incide nos azulejos e nas cúpulas pintadas e dá-lhe uma luminosidade azul. A aquecê-la contrastam as lâmpadas amarelas e a alcatifa vermelha fofa que pisamos descalços. 

Istambul 068 copy

Istambul 052 copy

Istambul 048 copy

Cruzar o Bósforo

O estreito do Bósforo liga o Mar de Marmara no Sul ao Mar Negro no Norte e separa a cidade de Istambul e a Turquia em duas partes: europeia e asiática.

Ao navegar nas suas águas apercebemo-nos do contraste entre o moderno e industrial e as riquezas dos palácios imperiais à beira da água. 

Istambul 197

Aya Sophia

A Aya Sophia foi construída cerca de 532DC pelo imperador Justiniano. Ele queria a maior igreja do mundo e a Aya Sofia foi-o durante 1000 anos. Com a conquista turca da cidade no séc. XV, o sultão Mehmet apaixonou-se pelo templo cristão e transformou-o numa mesquita, introduzindo as respectivas alterações arquitectónicas. Hoje é um grandioso museu onde convivem no mesmo espaço símbolos de duas religiões em perfeita harmonia. A Aya Sofia é inexplicavelmente monumental e é o meu sítio preferido da cidade. 

Istambul 061 copy

Istambul 086 copy

Topkapi

O Palácio Topkapi era a residência oficial dos Sultões nos séc. XV-XIX antes de se mudarem para as margens do Bósforo. Aqui percorremos uma sucessão de pátios e salas recheadas de tesouros vindos dos quatro cantos do mundo. 

Istambul 094 copy

A Basílica Cisterna

Esta cisterna servia para armazenar água durante as secas de verão e abastecia a cidade em períodos de cerco. São mil colunas iluminadas a vermelho. Música oriental no ouvido. Atmosfera esotérica. 

ii3

Turkish Delight

A origem desta guloseima turca remonta ao império Otomano. Uma espécie de goma extravagante com sabor a água de rosas ou limão, um dos sabores imperdíveis de Istambul. 

Istambul 111 copy

Galata Bridge

A Galata Bridge é um óptimo spot para aproveitar os últimos raios de Sol do dia, sentado num puf num dos inúmeros restaurantes do tabuleiro inferior, a saborear um chá de maçã, com os olhos postos no Bósforo. 

Istambul 134 copy

Hamman

Vale a pena experimentar os banhos públicos e relaxar na pedra aquecida por tempo indeterminado. 

9

O Spice Bazaar

Ouvimos o bulício do bazaar. Cheira a doce, âmbar e sândalo. Vemos pirâmides de especiarias. Provamos guloseimas turcas. Encontramos curas para todos os males. No Spice Bazaar preenchemos todos os nossos sentidos. 

Istambul 184 copy

Istambul 182 copy

O skyline

Adoro quando uma cidade é reconhecida apenas pelo seu skyline, e Istambul, com o Bósforo e as suas mesquitas a pontuar o horizonte é claramente uma delas.

Istambul 195 copy

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s