100 anos de National Parks [+20 razões para ir aos States]

No dia em que se celebra o primeiro centenário de National Park Service, a organização que gere os Parques Nacionais e centenas de outros locais de interesse histórico, cultural e natural dos Estados Unidos, deixo aqui algumas imagens que podem muito bem acrescentar linhas a qualquer lista de motivos para visitar o país do Tio Sam.
No processo desta minha compilação, reparei que não tenho fotos dos Parques que visitei antes da “era digital”, há quase 20 anos.
Isso só pode querer dizer que está na hora de voltar. Venham daí:
 
 
Arches National Park | Utah
Este Parque Nacional concentra o maior número de arcos naturais pacientemente esculpidos pela água e pelo vento ao longo das eras. O ex-libris desta exposição de obras de arte naturais é o Delicate Arch, símbolo do Utah, maravilhoso ao pôr do sol e a qualquer outra hora do dia.
Bryce Canyon National Park | Utah
Apesar de não ser tecnicamente um canyon, o grande anfiteatro do Bryce Canyon prova que a Natureza padece de uma imaginação atrevida.
Aqui, descobrimos milhares de hoodoos (que é como se chamam estas formações rochosas), envoltos em misticismo e histórias indígenas, de formas tão bizarras que é normal pensar que talvez tenhamos chegado a outro planeta.
Canyonlads National Park | Utah
O melhor de estar na paisagem vermelha do Utah é encontrar miradouros de onde temos aquelas vistas em que conseguimos perceber a curvatura da Terra. Um destes sítios é Island in the Sky, um dos hot spots do Parque Nacional de Canyonlands, onde podemos apreciar a confluência dos Rios Colorado e Green.
Ali perto está o Dead Horse Point State Park, onde nos podemos surpreender com os caprichos do Rio Colorado e comprovar todo o espectáculo massivo que a erosão provocou na paisagem.

Cedar Breaks National Monument | Utah

Mais ou menos a 3000m de altitude encontramos outro anfiteatro muito especial, parente do Bryce Canyon. Dada a altitude a que se situa, não é anormal encontrar neve, mesmo no fim da Primavera.
Natural Bridges National Monument | Utah
Por falar em Obras de Arte, ainda no estado no Utah, porventura o estado com maior profusão destes acidentes geológicos, existem 3 pontes naturais que nos convidam à reflexão sobre o poder dos elementos. As pontes chamam-se Kachina, Owachomo e Sipapu homenageando o povo nativo americano Hopi que vivia na região.
Zion National Park | Utah
No mundo pré-Matrix, para mim Zion era apenas sinónimo de fenómenos rochosos espectaculares, um trilho hiper panorâmico até Angels Landing, lagos cor de esmeralda e a maior mesa de xadrez do mundo.
Canyon de Chelly National Monument | Arizona
O Canyon de Chelly é habitado há mais de 5000 anos, desde as tribos Anasazi até às famílias Navajo que nos dias de hoje aqui construíram as suas casas, criam os seus animais e cultivam a terra. Para além de ser um local lindíssimo também tem enorme importância cultural e histórica.     
Grand Canyon National Park | Arizona
O Grand Canyon é conhecido por ser a estrela da companhia dos Parques Nacionais.
Da orla do desfiladeiro mais famoso do planeta encontramos vistas de uma amplitude incrível para o Rio que serpenteia 1km abaixo. O Colorado foi talhando a rocha camada a camada e é o principal responsável pelo caleidoscópio de cores que se vai revelando à medida que o nosso olhar mergulha no Canyon.
Yosemite National Park | California
No vale encantado de Yosemite encontramos muita diversidade de belezas naturais, sejam cascatas, as maiores da América do Norte (Yosemite Falls), sequóias e outras árvores gigantes, caminhadas até locais inesquecíveis (Half Dome) e o maior monolito de granito do mundo (El Capitan).
Yosemite é o parque de vários superlativos.
Sequoias National Park | California
No Parque Nacional das Sequóias, os superlativos continuam num espaço que guarda as maiores árvores do mundo.
Grand Teton National Park | Wyoming
Grand Teton situa-se na fronteira Noroeste do Wyoming com o Idaho e é constituído por uma cadeia de montanhas que, todas juntas, compõem uma admirável fortaleza alpina de neve, rocha e gelo, um mundo aparentemente intocável e distante, pertencente à grande cordilheira das Montanhas Rochosas norte-americanas.
É um local excelente para desfrutar do contacto com a Natureza e tentar avistar um urso grizzly, ou dois.
Yellowstone National Park | Wyoming
O Parque Nacional de Yellowstone situa-se no coração de um vulcão gigante semi-adormecido, que para além de ser um santuário de vida selvagem, tem toda aquela inacreditável colecção de pontos geo-termais, nascentes de água quente, lagos coloridos, fumarolas e claro, géiseres, nomeadamente o icónico Old Faithful e as suas inconfundíveis manifestações explosivas.
Bighorn Canyon National Recreation Area| Montana
A construção da barragem de Yellowtail criou um lago artificial com as águas do Rio Bighorn. Esta é uma área com características muito especiais: partilha da Reserva de Índios Crow, da zona protegida de cavalos selvagens Mustang e o Rio é doce, navegável e espectacular. 
 
Little Bighorn Battlefield National Monument | Montana
A batalha de Little Bighorn foi uma das batalhas históricas dos Estados Unidos e representou o choque entre dois modos de vida: os índios contra a cavalaria.
Foi a acção militar mais importante da Guerra das Black Hills de 1876 e terminou com uma vitória esmagadora dos índios, liderados por grandes guerreiros como Crazy Horse e Sitting Bull.
Devil’s Tower National Monument | South Dakota
Foi declarado monumento nacional pelo próprio presidente Theodore Roosevelt em 1906. Várias tribos das grandes planícies como os Lakota, Shoshone, Crow, Blackfeet, Arapaho, entre outros, consideram-no um local sagrado onde todos os anos acontecem vários rituais e cerimónias.
Mount Rushmore National Memorial | South Dakota
Washington, Jefferson, Theodore Roosevelt e Lincoln, os 4 presidentes que comemoram a fundação, expansão, preservação e unificação dos Estados Unidos, respectivamente, num local que inflama os mais recônditos sentimentos patrióticos.
Badlands National Park | South Dakota
As Badlands são antigos depósitos de fósseis com mais de 25 milhões de anos que se transformaram em formações rochosas inesperadas, pradarias de perder de vista e o local predilecto de numerosas manadas de búfalos.

 

Menções honrosas:

Apesar de não serem National Parks achei por bem incluir aqui 2 locais que me deslumbraram pela sua magnitude. Já vão perceber porquê:

 

Crazy Horse Memorial | South Dakota

Quando estiver finalizada, a estátua do guerreiro Crazy Horse montado a cavalo, apontando para o horizonte, poderá tornar-se a maior estátua do mundo. Mas ainda está longe do fim. Por enquanto vai progredindo lentamente, desde 1948, mas não deixa dúvida alguma de que será assim qualquer coisa de espectacular.

Monument Valley | Arizona
O Monument Valley é um Navajo Tribal Park e situa-se dentro da Navajo Nation, a região semi-autónoma que ocupa parte dos estados do Arizona, Utah e Novo México.
Foi um dos locais que mais gostei de visitar, daqueles que parece que já conhecemos como a palma da mão, mesmo antes de lá chegar.
Hit the road!

2 Comments Add yours

  1. Armindo diz:

    Que coisa mai linda … !!!

  2. O pai do vento diz:

    Não me canso de olhar para estas fotos.!!! Desejo tanto voltar lá …

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s