D2. Cambulo – Batad – Bagaan

 
O segundo dia de trekking nos terraços de arroz começa cedo. Desde Cambulo ainda são algumas horas de caminhada escorregadia serpenteando por vales encantados até chegarmos ao grande highlight da região.
Mas de repente viramos uma esquina e estamos em Batad, a olhar para uma das paisagens mais incríveis e bonitas que já vi.

Batad é talvez um dos melhores locais para apreciar os terraços de arroz filipinos enquanto património da UNESCO.
Penso com os meus botões que não será fácil encontrar um lugar mais bonito que este… e em como sou incrivelmente sortuda por estar aqui.
Perto da aldeia há um trilho, um sobe e desce de degraus, que leva até à Tappiyah Waterfall, o spot perfeito para um mergulhinho antes de almoço.

O resto do dia é passado a explorar a aldeia.

Batad é uma vila com pouco mais de 1000 habitantes cuja subsistência depende do turismo e do cultivo do arroz. Não existem estradas até Batad, a electricidade chegou há pouco mais de 5 anos, não há internet ou rede de telemóvel.
Vive-se aqui praticamente do mesmo modo que há 100 anos atrás.
Enquanto descanso numa varanda antes de continuar a caminhada, penso que Batad se assemelha à minha ideia de Paraíso.
Ao chegarmos a Bagaan, chegamos cansados mas de coração cheio depois de uma experiencia altamente recomendável, 2 dias de uma caminhada extraordinariamente verde e surpreendente.
Dados (aproximados): distância: 9.5km | duração: 6h | desnível total: 875m(up) 725m(down)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s