Kathmandu

A cidade de Kathmandu, capital do Nepal, sempre existiu no meu imaginário como aquela cidade exótica e inacessível, de difícil adaptação (por causa da altitude), um autêntico reino perdido e medieval nas montanhas dos Himalaias.
230df-397459_10151135137295532_713280531_22409487_1873155330_n

Mas na verdade, o tempo em que só se chegava a Kathmandu a pé, há muito que passou. Quando nos anos 50 o país se abriu ao mundo exterior e se inauguraram as primeiras estradas a ligar a cidade à fronteira com a Índia, e depois ao Tibete, foi um instante até se tornar um dos destinos mais ambicionados pelos hippies dos anos 70 e mais tarde pelos amantes de aventuras, caminhadas e trekkings…. até hoje.

Por outro lado, apesar de se situar nos Himalaias, Kathmandu está aninhada num vale a uma confortável altitude de 1400 m, muito longe de ser uma das capitais mais altas do mundo como eu imaginava.

E antes de chegar, percebi que os livros ao descreverem o Kathmandu usam por vezes as mesmas expressões e os adjectivos, a que viajando por estas partes do mundo nos habituamos: confusão, poluição, devoção…

Mas quando cheguei, no meio de uma cidade moderna, encontrei o reino perdido que buscava.


b18df-shivalinga1623

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s