Welcome to Nepal

Há muitos viajantes que fazem o percurso Varanasi – Gorakhpur – Sonauli (Índia/Nepal) – Sauraha. A maioria aproveita para quebrar a viagem em Lumbini, no Nepal, a poucos quilómetros da fronteira, mas não foi o nosso caso. Com apenas 2 semanas para ir ali num instantinho ver o que se passa entre o Ganges e os Himalaias, atravessamos a fronteira de rajada em direcção ao Parque Nacional de Chitwan.
E eu adoro atravessar fronteiras.

Não só pela histeria do novo carimbo (sinceramente, ainda não viajei o suficiente para deixar de me alegrar com isto), mas também por causa daquela sensação que me dão as fronteiras: de ultrapassagem de obstáculo, de se ser aceite e muitas vezes bem-vindo, e principalmente – quando se trata de países nunca visitados – por ser aquele ponto a partir do qual tudo é ganho, por haver uma nova cultura e um mundo de estradas e caminhos nunca antes percorridos prontos para descobrir. 

Claro que metade destas sensações não conseguimos obtê-las na fronteira Índia-Nepal, pois na realidade, o Nepal é todo ele uma zona de fronteira entre o subcontinente Indiano e o planalto Tibetano para lá dos Himalaias.
Por isso, as diferenças imediatas são muito ténues.

Mas quando se sai da Índia para o Nepal, uma coisa é certa: Acabaram-se as tranquilas viagens de comboio. No Nepal, todas as viagens se fazem – no melhor dos casos – de autocarro. E isso acabou por tornar-se uma das mais marcantes experiências nepalesas.

One Comment Add yours

  1. Realmentente passar por fronteiras tem toda uma simbologia muito gostosa!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s