obstáculos de *m&rda*

Não há outra maneira de dizer isto: as ruas de Varanasi estão cheias de *m&rda*!

*M&rda* de vaca, *m&rda* de macaco, *m&rda* de cão… e *m&rda* de gente suponho que também…
De tal modo que ao calçar-me de manhã não posso deixar de pensar se não será melhor calçar as botas de montanha em vez dos habituais flip-flops tipo havaianas quando as temperaturas rondam os 30ºC.

Só para estar mais “segura”.

Porque nas ruas estreitas da Old Town é muito, mas mesmo muito difícil para uma pessoa que vai a ver as vistas não pôr o pé onde não deve.

Ou porque as ruas são tão estreitas e tão cheias de gente, animais e lixo, que não conseguimos ver o chão.

Ou porque quem chega aqui pela primeira vez e não conhece, anda naturalmente com aquele ar que totó que não sabe para onde vai, a olhar para as lojas, para os templos e para as pessoas, enfim, para cada detalhe estranho que salta à vista… e são tantos. 

Andar de havaianas nas ruas de Varanasi é abusar da sorte, conscientemente.

O que descobri depois é que estes obstáculos de *m&rda* dão emprego a muita gente, que os colectam, dão forma de bolacha gigante, tomam conta enquanto seca e depois vendem como combustível, pois ao resultarem de animais herbívoros, são riquíssimos em erva seca e palha… óptimos para atear uma fogueira.

Mas estes obstáculos mal cheirosos e estáticos no chão, não são os únicos.

Também é necessário ir com atenção aos obstáculos em movimento, esses ainda mais perigosos: as vacas de chifres afiados que passam às manadas a serem espicaçadas pelos seus “pastores”, as motas e bicicletas que fazem rasantes repentinas e impiedosas, os porcos agressivos, os cães comichosos deitados em cada cruzamento e ainda os macacos gozões que fazem xixi dos telhados…

As ruas de Varanasi são um campo de batalha.

É mesmo assim.

Quando não se conhece anda-se como se não se soubesse para onde se vai. É-se um sitting duck em velocidade de cruzeiro.

Mas estas não são ruas para se andar em velocidade de cruzeiro, por isso anseio pelo dia em que poderei andar por aqui sabendo exactamente para onde vou. 

É só isso que falta. A capacidade de andar de havaianas felizmente dominei.

One Comment Add yours

  1. MH diz:

    Sem nunca ter lá ido e… não desejar ir, dou comigo a pensar que é isso mesmo que eu penso de quase todas essas paragens.
    Oxalá eu esteja redondamente enganada…mas pelas tuas fotos, vê-se que a miséria grassa por aí.
    Sim … e não me venhas dizer que é tudo cultural.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s