Wadi Rum vs Disseh

Para pernoitar no deserto do Wadi Rum, um dos highlights de qualquer viagem na Jordânia, o melhor é tentar reservar junto de algum guia reputado com licença para fazer tours dentro da reserva natural. Por incrível que pareça isto é para garantir que quer a visita, quer o acampamento se fazem mesmo dentro da reserva do Wadi Rum.

Os “operadores” turísticos de Petra e Aqaba não têm licença para organizar viagens na zona protegida do Wadi Rum, por isso o que acontece aos turistas mais desprevenidos, que chegam a estes locais sem nada marcado e pretendem seguir para o deserto do Wadi Rum, é que acabam por ser levados por beduínos auto-intitulados “organizadores de viagens de aventura no deserto” para Disseh, a Norte/Este da reserva natural.
Este é um local muito popular entre estes “guias beduínos” porque é “quase igual” ao Wadi Rum e ao ser fora da zona protegida eles não precisam de licença para os seus acampamentos.
Para além disso estes “guias” encaixam logo os 5JDI (=5€) de entrada na zona protegida, que dizem estar incluído no preço que combinam com os turistas.
Os passeios de jipe nesta zona também incluem nascentes de água, paisagens dramáticas, dunas vermelhas, pinturas “rupestres”… mas não são o verdadeiro Wadi Rum.
O que acaba por acontecer é que muitos visitantes ao deixarem esta zona de paisagens fantásticas, nem se apercebem que não visitaram o verdadeiro Wadi Rum.

Outro factor suspeito é quando o preço é especialmente baixo pois os preços na zona protegida estão mais ou menos tabelados e não são nada humildes: 25 JDI (=25€) para acampar com jantar e pequeno almoço incluído, 40 JDI para passeios de jipe de 4h… tudo por pessoa…

Mas como em tudo, seguir o livro à risca também pode não ser a melhor opção. Cada vez mais os visitantes do Wadi Rum se queixam da descaracterização do local, que agora mais parece um playground para pessoas de outras nacionalidades, e que aos seus verdadeiros habitantes, os beduínos nómadas, nem vê-los.
E a ideia do acampamento para turistas parece ter-se instalado em detrimento daquela do chá no deserto com o anfitrião a contar histórias sobre a sua vida de nómada…

Para algumas pessoas, a zona de Disseh até começa a surgir no spotlight como a alternativa ao Wadi Rum, pela sua autenticidade e -por vezes- exclusividade, perfeito para quem gosta de quebrar regras.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s