BUS MEMORIES IV – Arica to La Paz

23-Setembro-2009

O nosso autocarro Arica – La Paz sai às 9h30. Está previsto chegar por volta das 17h00. Mas em autocarros diurnos nunca sabemos exactamente a que horas vão chegar… param em todo o lado para entrar e sair gente.

No terminal de Arica algumas pessoas aproveitam para trocar pesos chilenos por bolivianos.

Os passageiros são quase todos bolivianos. Identificamo-los pelos traços indígenas, pela cor da pele mais escura e pelas roupas folclóricas.
Reparo que estou secretamente a fervilhar de alegria por voltar à Bolívia.

As primeiras horas de viagem são-nos familiares pois a estrada para La Paz é a única, a CH-11, a mesma que passa no Parque Nacional Lauca. Fico com um brilhozinho nos olhos quando passamos no vulcão Parinacota. Os poucos turistas que viajam connosco encostam as máquinas fotográficas às janelas do autocarro. Ainda bem que o vimos sem ser através da janela.
No posto fronteiriço Tambo Quemado carimbam-nos o passaporte e recomendam-nos a visita ao vulcão Sajama.

Estamos ansiosos por chegar a La Paz mas a viagem é longa e a paisagem deserta. O autocarro pára onde as pessoas pedem indiscriminadamente, há engarrafamentos nas ruas à chegada… mas finalmente chegamos.

Reparo na diferença desde a última vez que estivemos na cidade. Não temos dores de cabeça, respiramos normalmente e até vamos de mochila às costas rua abaixo procurar um hotel.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s