NAXOS

18-Ago-2006, sexta-feira

Decidimos partir para Naxos, a maior e mais verde das Cyclades, no dia seguinte.
Mais uma vez apanhámos o Express Aphrodite e 2h e muito vento depois, atracamos no porto de Naxos à guarda da portada com mais de 2500 anos que constitui o Santuário de Apollo.

Há uma marina cheia de barcos muito simpática, as ruas são pedonais e frescas, mas o dramatismo das ilhas anteriores desapareceu. Esta é uma ilha maior, mais plana e principalmente é uma ilha com vida para além do turismo.
Ficámos mais uma vez em casa da família de uma senhora que nos “capturou” no porto, que ficava entre a cidade antiga e a praia.
A praia mais perto da cidade é uma baía enorme daquelas em que andamos km’s até ter a água pela cintura. Que bela vida.

À noite comemos uma gyros pita deliciosa. Já sabíamos o que era uma pita mas não tínhamos ainda comido à moda grega, em que a carne + tomate + cebola + vegetais + batata frita + molho tzatziki vêm enrolados dentro do pão tipo pita… ai que delícia.

One Comment Add yours

  1. Anónimo diz:

    não é tropical…mas pode ser uma gyros pita

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s