‘MOSTAR’

18-Agosto-2004, Quarta-Feira

Logo pela manhã apanhou-se o BUS em direcção a Sarajevo e disse-se adeus a Dubrovnik. A viagem foi boa, tirando o tempão que estivemos parados na fronteira Croácia-Bósnia Herzgovina com passaportes para trás e para frente.

Depois de 13dias desde a minha saída de casa, passados noutras paragens, em comboios e barcos, eis que me encontrava em Mostar de olhos postos na ponte reconstruída 10anos depois de ter sido destruída pela Guerra que assassinou a Jugoslávia.

Tinha sido re-inaugurada há 2 meses e estar lá foi algo que me marcou.

 
Dou por mim numa cidade com cicatrizes de edifícios ainda cravejados de balas, uma cidade dividida com mesquitas e igrejas à distância de um quarteirão, as esplanadas, os expressos e a fast food a partilhar as ruas com o Little Bazaar, que parece retirado de qualquer cenário marroquino e uma PONTE a ligar as duas margens do Neretva cuja cor parece ter sido manipulada digitalmente de tão irrealmente verde…
… na entrada da ponte uma pedra diz “REMEMBER 93”…

 
Jantámos numa esplanada em mesas de madeira. Mostar tem algo que a distingue… é especial, será que o tempo lá pára? Deve ter parado durante um minuto ou dois, aqui e ali, tenho a certeza… mas depois continuava a correr desenfreadamente e às 23h30 já estávamos no BUS de volta à Croácia…
… de coração pleno e tranquilo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s