Conversas entre MULHERES

A viagem para Udaipur foi longa. Principalmente porque tivemos 2 furos que nos obrigaram a parar durante muito tempo pois o pneu teve que ser remendado.
Durante o tempo que estivemos parados despertámos a curiosidade das pessoas que fazem a sua vida por ali, que se aproximavam do carro e ficavam a olhar lá para dentro como se de atracções circenses nos tratássemos. Entretanto iam pensando em algo para nos dizer.

547.

Esta mulher aproximou-se. Era muito porca, tinha o sari roto, mascava tabaco e cuspia para o chão! (toda a gente cospe para o chão!!) Queria champô. Tentei trocá-lo pela pulseira que ela tinha no pé mas as negociações foram infrutíferas. Estava sempre a pedir coisas, era muito chata mas eu achei-lhe graça porque se ria muito. Entretanto lá se fartou de nós e foi lavar os pés num poço ali ao pé.

Mais tarde voltou. Era muito curiosa! Depois de alguns gestos, descobrimos que somos da mesma idade mas ela fez um ar de “os meus pêsames” quando eu disse que não era casada nem tinha filhos. Ela já tinha 4.

E depois posou vaidosa para esta foto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s